Bandeira [fragmento #1]  | 2021

Cabos de aço e 2 mil fitas brancas de poliéster com a impressão da frase Ninguém vai tombar nossa bandeira

Instalação realizada no gradil do Centro Cultural da Diversidade na ocasião da exposição coletiva Ninguém vai tombar nossa bandeira com curadoria de Julia Lima.

Um fragmento de "Bandeira" multiplicado duas mil vezes e amarrado no gradil do Centro Cultural convida o passante a fazer uma pausa para olhar e tocar as fitas. O trabalho foi feito para se entregar fisicamente às pessoas e se dissipar pela cidade. 

Bandeira [fragmento #2  | 2022

Cabo de aço e 15 mil fitas brancas de poliéster com a impressão da frase Não se esqueça que eu venho do Brasil.

Instalação realizada na rampa do MAC-Niterói na ocasião da exposição coletiva Território Vento com curadoria de Felippe Moraes e assistência de Ana Carla Soler.

Um fragmento de "Bandeira" multiplicado 15 mil vezes e amarrado no guarda-corpo do MAC- Niterói convida o passante a fazer uma pausa para olhar e tocar as fitas, a paisagem do Rio de Janeiro e sentir o vento. O trabalho foi feito para se entregar fisicamente às pessoas e se dissipar pelas cidades.