Debate | 2018-2019

Três videos com duração média de 10 horas cada dispostos lado a lado em monitores posicionados na vertical. O trabalho pode ser apresentado de maneira independente.

O trabalho se apropria do último debate presidencial ocorrido no 1º turno das eleições de 2018 transmitido pela tv aberta. O título faz referência ao debate político e também à ideia de debater-se. Nesta ocasião, uma câmera digital foi posicionada em frente à tv para filmar a transmissão, recortada no quadro da intérprete de libras posicionada de maneira fixa no canto esquerdo do vídeo. A filmagem foi editada para perder qualidade e compreensão: áudios foram suprimidos e todo o vídeo foi desacelerado a 5%. O que vemos é um corpo feminino apresentado em 3 momentos agitando-se com dificuldade e em silêncio. A intérprete de libras torna-se a regente de uma orquestra do nosso vazio, personificando uma sensação de impotência, em um tempo expandido.